Saúde & estilo de vida

Novo Coronavírus

 

O QUE É CORONAVÍRUS?
É uma família de vírus que causam infecções respiratórias.

NOVO CORONAVÍRUS (SARS-CoV-2)
O novo agente dessa família, SARS-CoV-2, foi descoberto no fim de dezembro de 2019 após casos de infecção terem sido registrados na China, fazendo a Organização Mundial de Saúde (OMS) mobilizar organismos internacionais e a comunidade científica na busca por respostas sobre prevenção, transmissão e tratamento desse novo tipo.

TRANSMISSÃO

Ainda estão sendo investigadas as maneiras de transmissão do novo coronavírus, mas a disseminação de pessoa para pessoa, ou seja, a contaminação por contato, está ocorrendo. Os coronavírus apresentam uma transmissão menos intensa que o vírus da gripe e, portanto, o risco de maior circulação mundial é menor.

Sabe-se que a transmissão costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:
• gotículas de saliva;
• espirro;
• tosse;
• catarro;
• contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
• contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Os primeiros sintomas podem levar cerca de duas semanas, período que o vírus fica incubado.

SINTOMAS
Os sinais e sintomas clínicos do SARS-CoV-2 são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado e em alguns casos, pneumonias.

Os principais são:
• febre;
• tosse;
• dificuldade para respirar.

DIAGNÓSTICO
É feito por meio da coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro). É necessária a coleta de duas amostras na suspeita da coronavírus.
Para confirmar a doença é necessário realizar exames para detectar o RNA viral.

Os casos graves devem ser encaminhados a um hospital de referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar.

TRATAMENTO
Não existe tratamento específico para as infecções causadas. É indicado repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas conforme cada caso, como por exemplo:
• uso de medicamento para a febre (antitérmicos e analgésicos);
• uso de umidificador no quarto ou banho quente para auxiliar no alívio da dor de garganta e tosse.

Assim que os primeiros sintomas surgirem, é fundamental procurar ajuda médica imediata para confirmar diagnóstico e iniciar o tratamento.

PREVENÇÃO
Alguns cuidados básicos são necessários para reduzir o risco de contrair ou transmitir o novo coronavírus. São eles:
• evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;
• lavar as mãos frequentemente;
• usar lenço descartável para higiene nasal;
• cobrir o nariz e a boca quando espirrar ou tossir;
• higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
• evitar tocar nos olhos, nariz e boca;
• não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
• manter ambientes bem ventilados;
• evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes.

QUALQUER DÚVIDA OU ORIENTAÇÃO SOBRE ESSA DOENÇA, DISQUE SAÚDE 136.

Fontes:
https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/coronavirus (Acesso em 15/02/2020).
• Boletim Epidemiológico Coronavírus – N02 – 7/2/2020.
https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2020/fevereiro/07/BE-COE-Coronavirus-n020702.pdf (Acesso em 15/02/2020).

Voltar

Rua Barão de Teffé, 160 - Conj. 408/409

CEP 13.208-760 - Anhangabaú - Jundiaí/SP

Fone/Fax: (11) 4521-7121 / 4522-0382 / E-mail: contato@neurodiagnose.com.br